sábado, 26 de maio de 2007

Coelhinho, um amiguinho fofinho

Apresento-vos o Bugs, o meu almoço. Com um arrozinho de cenoura (ah, a ironia) e ervilhas, era inútil resistir.

Uma última homenagem...

Bugs (11 de Fevereiro de 2007 - 26 de Maio de 2007)

Que as suas coxas suculentas descansem em paz.

3 comentários:

Rita Marques disse...

Sinto-me na condição de sair em defesa do pobre coitado! Entao tu devoras assim um coelhito com 3 mesinhos? Como é possível???

ai ai...

fica bem ;)

PS - Ok, confesso, digo isto porque não gosto de coelho. Mas pelos vistos tu gostas bastante de comer carne de coelho. Ou será de coelha?... Fica a minha dúvida ;)

Teresa disse...

Estava a achar graça ao que lia.
Depois desta, não leio nem mais uma linha.
Não é que faça cá falta, evidentemente. Mas estava capaz de esbofetear quem escreveu uma boçalidadfe destas. Ah! Já sei! É a pessoa que diz "prenda"... bem me parecia que vinha alguma coisa erra a caminho...

Pedro M. disse...

Teresa, é claro que faz cá falta!

Sim, eu sei, qualquer indivíduo que confunda a palavra "prenda" com "presente", perante uma situação em que a escolha a fazer é óbvia, merece ter um futuro carregadinho de sofrimento, ao contrário deste fofinho coelhinho.

No dia em que eu fizer mal a um animal, então aí sim, pode esbofetear até fartar. Até lá, leia mais umas linhas...