quinta-feira, 21 de junho de 2007

Grandes questões da vida moderna

Porque é que as tostas mistas sabem sempre melhor fora de casa?
...

3 comentários:

Rita Marques disse...

Todo o processo psicológico de saberes que estás a comer uma tosta na Foz e a olhar sei lá para quem (também prefiro não saber, diga-se), torna a dita tosta que estás a comer mais saborosa.
Podes crer.
Experimenta comer uma tosta num café a olhares para algo que te é agradável à vista (não interessa o quê ou quem) e comeres uma tosta sentado na cozinha ou no quarto a olhar prás paredes...

Faz a diferença, hein?


Fica bem ;)

Pedro M. disse...

Estava acompanhado do meu amigo Jorge, portanto, duvido que tenha sido por causa das vistas que a tosta me soube bem (ia escrevendo "sabeu bem").

Estava-me a referir era ao processo de confecção. Eu não sou nenhum trambalanzana, ainda sei como se faz uma tosta... Deve ser culpa de um processo psicológico gorduroso...

O Perverso disse...

lol
Também te acontece o mesmo?! a mim também!!!
Mas eu julgava que era 1 caso raro...
Ao menos já sei que não sou... o único, pelo menos!!!