domingo, 8 de julho de 2007

Antes de acabar com o vírus da Sida, talvez seja mais importante acabar com os mails em cadeia. Fogo que título de post mais comprido este!

Este foi o último e-mail em cadeia que recebi. Embora a pessoa que enviou isto não o seja, quem escreveu o texto seguinte é claramente um boi. Nós homens, às vezes, somos estúpidos que nem portas. Só pode ter sido um a escrever isto; só um anormal com pila tentaria escrever algo profundo com este tipo de apelo à camaradagem. No fundo é daquele tipo de cromos que nunca chora mas que abraça muito os seus "amigalhaços".
Cá vai:

Amigos Falsos vs. Amigos Verdadeiros
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Nunca te pedem comida
> >> >>Amigos Verdadeiros: São a razão para que nunca tenhas comida
Concordo; se eu quisesse fazer amigos começaria sempre por pedir um palmier ou uma taça de mousse de chocolate, de preferência toda a que houvesse no frigorífico. Por outro lado, sou uma pessoa vil, sem capacidade para estabelecer novas amizades, tendo em conta que nunca pedi (nem faço tenções de o fazer) comida à descarada na casa das outras pessoas.
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Tratam os teus pais por Sr. E Sra.
> >> >>Amigos Verdadeiros: Tratam os teus pais por PAI e MÃE
Que bonito. Eu até percebo a ternura filosófica por trás desta ideia. Os nossos conceitos de boa educação é que diferem. Já tratei os pais de muitos amigos (ah espera, se calhar não os tenho) por Sr, Sra e afins. Se isso já é mau, imaginem se os tivesse tratado por Corno, ou Vaca. Menos mal.
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Tiram-te da prisão e dizem que o que tu fizeste foi
> >> >>errado
> >> >>Amigos Verdadeiros: Sentam-se ao pé de ti e dizem: Merda…Tamos
> >> >>fodidos…mas esta merda é divertida!
Sim, esta é a mais óbvia. Que divertido, dizem eles num ângulo de 45º, enquanto procuram pelo sabonete no duche. Esta malta dos PALOPs é boa gente. Olha, também estão a achar a situação divertida! Amigos, pá! AMIGOS.
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Nunca te vêem chorar
> >> >>Amigos Verdadeiros: Choram contigo
A esta altura a rapaziada lá do Fitness Gym já deve estar com uma lágrima ao canto do olho, enquanto fazem mais uma repetição com os halteres.
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Levam coisas tuas emprestadas e devolvem-te-as
> >> >>Amigos Verdadeiros: Ficam com as tuas cenas durante tanto tempo que se
> >> >>esquecem que são tuas!
O cabrão do Marcos? Diz que já aí passa para me entregar o cd dos Ez Special. É mesmo sacana. "Ai sou tão educadinho e cínico que entrego sempre as coisas passado na data combinada. Que fofo." Entre amigos não há posses. O que é meu é nosso. Namoradas e tudo. Sim, porque as gajas vão e vêm (e vão e vêm), mas os amigos ficam sempre! E vêem-nos a chorar, quando ficamos deprimidos por querermos fazer 120 abdominais e só termos conseguido fazer 112, tudo à conta de nos termos esquecido do batido energético. É o que eu digo. Amizade a sério é esta fofura.
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Sabem algumas coisas sobre ti
> >> >>Amigos Verdadeiros: Podiam escrever um livro sobre ti com frases que tu
> >> >>próprio dirias
Quando as outras ideias são tão más ao ponto de provocar vómitos, este tipo de coisas até escapa. O problema é o vocabulário do tipo de gente que gosta destas frases feitas ser apenas:

- Ganda par de tetas!

- Isto hoje tá mesmo a bombar!

- Tem só 140 cavalos, mas fica descansado que eu vou tratar disso, nem que seja a última coisa que faça!

- Penalty de tinto!

- Mais uma imperial aqui pró pessoal!

- Porra! É do best!

- SLB, SLB, SLBSLBSLB, GLO...
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Batem á porta e perguntam se podem entrar
> >> >>Amigos Verdadeiros: Entram logo e dizem: “Estou Em CASA!”
E isto não é nada. Amigos do peito arrombam a porta, roubam o Ipod e o leitor de DVD, e dão um enxerto de porrada nos nossos pais, se for preciso. Uma pessoa tem de estar completamente à vontade. Afinal somos ou não somos amigos?
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: São amigos por momentos
> >> >>Amigos Verdadeiros: São amigos para toda a vida
A Madre Teresa de Calcutá era uma falsa do caraças. Sempre por aí a passear e a fazer bem a quem lhe dá jeito. O pessoal lá da prisão de alta segurança é que sim. Um gajo tem problemas mas não chora, porque sabe que eles estão sempre lá para o que for preciso.
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Tiram-te a bebida quando acham que já bebeste demais
> >> >>Amigos Verdadeiros: Olham para ti e dizem: Bebe essa merda toda! Sabes
> >>que
> >> >>nós nunca desperdiçamos bebidas!
Estou a ficar farto de escrever. Felizmente não preciso de puxar muito pela cabeça para ridicularizar o ANORMAL que escreveu esta palhaçada. Mas pronto, vou-me esforçar mais um bocadinho que isto está quase. Amigos começa por A; Álcool começa por A. Álcool e Amigos são conceitos que andam de mãos dadas. O que é que os amigos fazem sem ser ir para os copos e rir com as figuras decadentes uns dos outros? Ir praticar desporto? Ir ver um concerto? Beber umas jolas é que é, enquanto se coça os tomates. A-mi-za-de.
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Fala mal de ti com aqueles que falam mal de ti também
> >> >>Amigos Verdadeiros: Manda os que falam mal de ti para o caralho!
Bravo! É uma forma um pouco boçal de lidar com as coisas, mas está minimamente perceptível.
> >> >>
> >> >>Amigos Falsos: Vão ignorar isto
> >> >>Amigos Verdadeiros: Vão mandar isto a todos os seus verdadeiros amigos
> >>e
> >> >>esperar que eles mandem de volta!
E até chegarem aos 90 anos e morrerem de causas naturais, desde que haja internet, vão andar constamentente a reenviar esta bonita mensagem uns aos outros, porque é isso que os amigos fazem!

Voltei à cor preta mas já sou eu de novo a escrever. Não percebo como é que ainda há pessoas que toleram mensagens em cadeia, seja sobre o que for. Desde "fotinhas" com animais fofinhos, anedotas, apresentações em powerpoint escritas em brasileirês, à pobre da Ana Cláudia que precisa de 1,5 litros de sange Orh+ desde a primavera de 2002. E as setinhas de forward? Afinal não éramos amigos? Custava muito apagar as setas antes de enviar? Ah, és meu amigo mas enviaste esta treta para despachar. Ao menos lembraste-te de mim por durante 0,2 segundos. Fiquei mesmo sensibilizado.

Uma coisa é certa. Dá-se demasiada importância ao valor da vida humana em certas ocasiões; é que o pessoal que escreve estas merdas já devia estar a servir de cimento há muito tempo.

4 comentários:

Rita Marques disse...

Concordo plenamente...
mas tambem te digo uma coisa: se te deste ao trabalho de fazer um post sobre isto, copiar o mail, fazer um comentário, por as letras a azul (sim, porque eu sei que isso tambem da trabalho, pouco, mas dá), e um comentário no fim... não sei não... mas é porque gostaste um bocadinho de receber esse mail...

... ou não?

(mesmo que tenha sido escrito por um... como era?... "claramente um boi" ! )



Fica bem

dream disse...

LOL!
Bem dito, rita marques!
Eu até estava a pensar no mesmo enquanto lia o post... mas prontes.. ao mesmo tempo percebi o que ele queria transmitir.

Pedro M. disse...

Chama-se a isto desabafar, meus amigos. Isso e demasiado tempo livre nas mãos. Não é necessariamente gosto pela definição de amizade deste boi. Claramente.

O pensador disse...

Porquê chama-lo de boi?

Pode ter sido uma vaca....