sexta-feira, 13 de julho de 2007

Raro momento de orgulho

Há uns meses atrás, uma amiga disse-me uma coisa de que jamais me esquecerei.

- Pedro, nunca conheci ninguém tão pessimista como tu!

Obrigado, S. L. :)

Vou ser sincero. No preciso momento em que ouvi esta frase, fui inundado por um estranho sentimento de auto-realização. Por instantes, senti que a minha vida fazia significado. De repente, NINGUÉM era "tão como" eu, acrescido de "nunca"! Finalmente eu era "o mais" qualquer coisa, e ainda por cima de longe! A ênfase dada a tamanha distinção foi tão grande que, caso eu não padecesse de canais lacrimais obstruídos, teria sido impossível não me emocionar. Esboçou-se apenas um sorriso involuntário mas sem dúvida triunfante.

Ser pessimista não é assim tão mau. Às vezes até é agradável, dado que uma pessoa acaba por se habituar. Ter baixas expectativas transforma-nos em eternos vencedores. Deixo-vos com uma citação absolutamente genial de George Will:

"The nice part about being a pessimist is that you are constantly being either proven right or pleasantly surprised."

3 comentários:

João Marques disse...

Essa atitude pode ser boa para o estado de alma, mas não te limita?
Winston Churchill disse: os optimistas vêm oportunidades nas dificuldades, e os pessimistas vêm dificuldades nas oportunidades.

Pedro M. disse...

Na minha opinião, não existem oportunidades, mas sim "decisões problemáticas que têm de ser tomadas, com vista a uma vida melhor, se a sorte se dignar a pender para o nosso lado", ou então "saltos vertiginosos para o abismo", como afectuosamente gosto de chamar.

João Marques disse...

Na vida não existem certezas, e não acredito na genialidade perfeita. As decisões sucedem-se, e os sucessos e fracassos também, pelo que na maioria das vezes não existem momentos definitivamente decisivos. O balanço é positivo quando os primeiros superam os segundos. Dentro de certa medida os erros são parte normal de um percurso de aprendizagem e evolução. A sorte é importante mas não é o único factor.
"A vida é um filme com muitos episódios, nem todos iguais".