segunda-feira, 17 de março de 2008

Ensino Semi Superior

Nutrição é daqueles cursos em que as notas não contam para absolutamente nada. Que credibilidade tem uma nutricionista morbidamente obesa, para me dizer aquilo que devo ou não comer? E não adianta vir com o argumento de que "vim para este curso para que outros não tenham de passar o que eu passo no dia-a-dia" que eu essa, não engulo.

Por outro lado, se a nutricionista for nova, gira e boa, eu não só como a sopa e a fruta ao almoço e ao jantar (coisa que já faço), como ainda o faço ao pequeno almoço, bucha de meio da manhã (é assim o termo técnico, não é?), lanche e ceia, tudo para que me diga:

- Mas Pedro, não há nada de errado consigo.

- Consigo também não, sotora. Estou a ver que se alimenta muito bem.

Gera-se aquele clima e acaba tudo num grande amasso. Pelo menos comigo é assim. Só quem não come a sopa toda é que não merece.

3 comentários:

M. disse...

Bah, bah, bah!! nem todos podem ser trinca espinhas, como o senhor engenheiro pedrocas! E pare de dizer mal das nutricionistas!

Loira - loiradistraida.blogs.sapo.pt disse...

Concordo! A unica vez que fui a uma consulta de nutriçao, ela pesava pelo menos mais 30kg que eu e gritou por eu nunca comer sopa! Sai de lá a pensar que so podia ser doida!
Acontece o msmo com o pessoal do ginasio... já levei com um que tinha mais maminhas que eu! Tanta conversa e nao faz ele exercicio pk? Bah :P

O pensador disse...

Estou totalmente de acordo contigo Pedro.
É o mesmo que comprar um livro de receitas para gulosos e ver-mos na capa a foto de um cozinheiro seco como um pau...

:-)