sexta-feira, 14 de março de 2008

Os livros

1989 - Habilitações académicas: 3ª classe

Os Livros

Os livros são fonte de prazer, de sabedoria.
Os escritores escrevem neles fichas para a escola, histórias de encantar...
São uns bons amigos!
Eu acho que a maioria das pessoas gosta deles.
Na escola, é bom saber que se trabalha com eles.
Algumas pessoas dizem que os computadores dão mais prazer às pessoas do que os livros. Como se enganam! Os livros dão mais prazer de folhear, de ler...
Foram eles que guardaram a memória dos nossos antepassados.
Como eu gosto dos livros!

...

2008 - Habilitações académicas: Licenciatura (curso de 5 anos, nada de paneleiradas de Bolonha)

Os Livros

Os livros são fontes de dores de cabeça, porque uma pessoa muda de casa e nunca sabe o que lhes há-de fazer; ocupam demasiado espaço e pesam bastante.
Hoje em dia qualquer palhaço pode editar um livro.
São uma seca (menos aqueles que os meus irmãos me oferecem)!
Eu acho que a maior parte das pessoas não lê livros; isto não atinge só os analfabetos ou os burros.
Na escola, é bom saber que um professor vai faltar por tempo indefinido.
Algumas pessoas dizem que os livros dão mais prazer às pessoas do que os computadores. Como se enganam! Nos computadores pode-se jogar, pode-se falar no messenger com os amigos durante o horário de trabalho, a pornografia tem som e movimento...
Foram eles, através da banda desenhada, que possibilitaram que se fizessem tantos filmes de super-heróis como actualmente.
Como eu era atadinho, crominho e horripilante quando tinha 8 anos!

5 comentários:

Maria disse...

Se fosse um cursinho todo paneleiro de Bolonha... terias um mestrado e ias a caminho de um Doutoramento!!!
Beijinhos

Maria Pi

PS: Ao ler também se aprende qualquer coisinha.... acho que o problema da geração Moranguinhos é que ainda não os descobriu... mentira, deve haver uma caderneta de cromos qualquer da bendita série!Uhmm será que qualquer dia também haverá livros aos quadradinhos para nos assombrar?!

zé disse...

pedro
não eras nada atadinho, nem crominho, etc...
e esta tua análise era digna de ser estudada em qualquer sala de aula.
é claro que não sei se era isto que tu querias.

NI disse...

Então eu continuo atadinha, crominha e horripilante...

Bjs

O pensador disse...

Eu sempre gostei dos livros, sobretudo quando era para atirar aviões e acender fogueiras nos acampamentos..

:-)

(Ps: Também serviram para outras necessidades básicas mas preferia não falar disso aqui...)

Anónimo disse...

Eras mas é um graxista!
:P
Sofia