sábado, 8 de março de 2008

Recebi o primeiro vestígio de fan mail!

E tudo isto apenas passado quase um ano desde o começo do blog.

O anónimo, cujo sexo era indecifrável através do endereço de e-mail e pela escrita(e mesmo assim, nestas andanças, nunca se sabe), embora tenha elogiado o meu pardieiro literário, queixou-se de que "só não acho bem quando te serves da raça negra para fazer humor". "Só te fica mal e tira um bocado de brilho ao resto dos textos".

Textos? Que comentário tão paternalista. Dá a ideia de que acordo às 8 da manhã, tomo o pequeno almoço, tomo banhinho e visto-me, para me sentar à frente do computador às 9 da manhã. Começo a escrever dezenas de textos, à procura dos melhores para publicar. Faço uma pausa às 13 para comer umas burgas, outra às 16 para uma bucha, e desligo o computador às 18 com o sentido do dever cumprido. Isto não é assim. Eu não escrevo textos. Eu dou ao dedo. Escrevo o que bem me entender, às horas que me apetecer, nos dias em que sinto que Vénus está alinhado com Saturno, quer tenha coerência ou não. Vou prová-lo: chiclete, trotinete, cotonete... biciclete, camionete, avionete.

E mais: posto nestes termos, parece que ando a dizer mal de pretos a toda a hora. Eu gosto de dizer mal de todo o tipo de raças, especialmente quando são inferiores à minha (esta é só para chocar, e desta vez, com razão, o(a) anónimo(a)). No entanto, e a julgar pelo conteúdo do blog, é raro fazê-lo. Além disso, se o fizesse regularmente, a minha tendência seria para achincalhar os ciganos em primeiro lugar (disso lembro-me) e talvez depois os timorenses e indonésios (porque, na minha opinião, são das etnias mais feias, de um ponto de vista estético Marie Claire). Ah, e ainda me mete mais confusão os sovacos por depilar das francesas do que propriamente pretos. Até há pretos fixes. Gajas com sovacos peludos fixes é que não conheço nenhuma (nem queria, se existissem).

Parece impossível que eu tenha colocado um endereço de e-mail para toda a gente ver e, para além de algum spam devido ao mail estar colocado ali às claras, esta ser a único mensagem que recebo referente ao blog. Estamos em Março de 2008, meus amigos. Deviam ser pelo menos uns 20 e-mails por mês a dizer que eu sou muita bom e genial, a par de uma ou outra ovelha negra a sugerir que eu encharque as goelas com águinha das pedras e cianeto.

Estou deveras desiludido. Já não sei se faz sentido este blog continuar.

5 comentários:

Anónimo disse...

Olha fecha a tasca e começa a servir aguinha das pedras com cianeto aos mitras ai do estacionamento para começar...

Jasmim disse...

Não seja por isso, já te mando um mail sem melindrices à mistura!

Anónimo disse...

hmmm gentinha dificil de agradar nãoo???!!!

qlq dia enviam-te um mail a dizer quais os assuntos sobre qual falar...

quanto a fechares a tasca... hmmm não me parece sensato. iria trazer muita inconveniência a minha vidinha e era provavel que apanhasse um trauma nervoso...

agradecemos que continues a escrita pelo bem da minha saúde...

medusasss disse...

Então, mas o email é para quem te quiser contactar, não para que as pessoas se sintam obrigadas a conhecer-te!
Mas vá jeitoso, és lindo de morrer, só não falo contigo porque temo pelo meu coraçãozinho de cristal, adoro o teu blog, venho aqui cuscar pelos menos umas 10 vezes ao dia... e choro inconsolável nas noites em que me deito sem saber uma nova tua...
Vá, que tal para principiantes?
***

Maria disse...

Pára com as lamúrias, essas já te ganharam pelo menos uns emails e começar a dizer mais inutilidades. Tu até me fazes esboçar um sorriso de vez em quando.
Beijinhos e boa semana.

PS: se estas palavras não funcionaram..... Oh sim sem te ler sinto um vazio cá dentro e a minha vida deixa de fazer sentido ( uhmm um pouco puxadito, mas foi o que se conseguir arranjar)