terça-feira, 29 de abril de 2008

Isto já passa :P

Realmente as mulheres têm um sexto sentido que nós, homens, nunca teremos. São muito mais doces e românticas do que nós, e quem sabe viver bem percebe o valor que o carinho tem na vida de qualquer pessoa, e até de qualquer ser vivo.

Posto isto, começo por revelar que, no contexto de uma relação, a coisa mais romântica que me proporcionaram foi ir passear para o parque (pronto, o parque fui eu que sugeri) e levarem gomas para eu comer. De resto, a ordem do dia tanto podia ser "então e hoje o que é me trouxeste?" com uma, como "vou para o algarve com a minha irmã e logo vejo se me apetece dizer-te alguma coisa ao longo destes 15 dias ou não" com outra, ou até "afinal não estou preparada para uma relação à distância" ainda com outra, sendo que a distância era de 20 quilómetros, só para dar alguns exemplos. Vocês até podem ter muitos sentidos, mas sentimentos, até prova em contrário, não têm. Já vi cisnes esculpidos em gelo que gostavam mais de mim.

Eu tenho a perfeita noção de que uma mulher, por mais que tente, nunca será capaz de preparar surpresas tão boas como as minhas (e que nem têm necessariamente de envolver grandes somas de dinheiro). No entanto, eu nem sequer sou assim tão exigente. Só queria que me fizessem assim uma coisita querida de vez em quando, que me fizesse sentir especial. Ah, e sexo não conta.

PS: Acho que vou mas é comprar uma Playstation.

16 comentários:

Anónimo disse...

ou então um joguinho de zuma pra distrair...

misskitsch disse...

Pfff.
Eu tenho sentimentos. Eu faço surpresas - com muito ou pouco dinheiro.
E de retorno?! Levo um mentos de quando a quando, e nem sequer é de morango.

Recebemos na proporção contrária do que damos.

Força na playstation!!

Loira - loiradistraida.blogs.sapo.pt disse...

Entao conta la que surpresas fazes tu...

Bela Sonhadora disse...

ola!!

(sou eu a fazer uma surpresa pa ti )

ehhehehe

Suz disse...

Foi o post mais feminino que li até hoje.

SMS disse...

Olha, eu se não fosse uma mulher casada (e séria) propunha-me já para te mostrar como as mulheres podem ser queridas e oferecia-me para te fazer moooontes de surpresas.
Mas como sou (casada e séria), estava aqui a pensar: e se fosses falar com a Pipoca? (apipocamaisdoce.blogspot.com) Se calhar davam um lindo casalinho... Hum? Que tal?

Maria disse...

Acho que não deves generalizar assim tanto as mulheres!! Eu não digo que todos os homens são uns insensíveis e que não têm a mínima noção de como respeitar uma pessoa só porque todos os que entraram na minha vida revelaram ser assim.
É tudo uma questão de sorte! Às tantas podia ser que não gostassem tanto de ti como diriam, lamento ser eu a dizer isto!
Beijinhos
Maria Pilar

Melhores dias virão, com certeza! Se não,sempre tens a Playstation para te entreteres, ficas com os deditos em forma.

Pedro M. disse...

E pronto, já passou :P Não sou de deixar que a "telha" me afecte durante demasiado tempo. Qualquer dia volto à carga :P

Miss Kitsch: sim, cada vez mais percebo que não existe a proporcionalidade que devia existir nestas coisas. A minha burrice é que me faz acreditar que eu posso sempre fazer mais, em vez de tentar fazer menos.

Loira Distraída: só não dou exemplos porque embora alguns sejam mesmo muito à frente, outros perdem a força se contados. Pronto, só não dou exemplos porque tenho medo que venham cá outros mais giros do que eu copiar as minhas ideias e que depois a minha existência deixe de fazer sentido :P Sinceridade acima de tudo.

Bela Sonhadora: Bela surpresa :P (sem ironias, o que é difícil de compreender, neste blog que delas vive)

Suz: Obrigado, acho eu. Entendi o comentário como um elogio; pelo menos a minha (incomensurável) masculinidade não se ressentiu ;)

Sms: Sim, não vale a pena estar a estragar um lar tão feliz como o teu (fico feliz por saber que ainda os há, ao ler o teu blog). Quanto à Pipoca, não só não estou à altura dos padrões de beleza dela (o menino do BPI dá-me 6 a 2), como os meus níveis de realização profissional ainda vão demorar uns 2 anos a chegar àquele nível de (começar a) fazer inveja às amigas. Juro que não a estou a chamar de fútil. Simplesmente há que ter padrões (eu também os tenho, por mais desesperado que esteja), também não abdico deles, e há que ser sempre realista.

Maria: generalizar é divertido e dá sempre jeito ;) De que outra forma poderíamos ser irónicos em relação ao sexo oposto? É que no fundo, especialmente nos dias de hoje, há de tudo em ambos os sexos. Quem tem sorte, óptimo, quem não tem, generaliza :P

BijouxKa disse...

Hhmmm o meu coment aqui .,.. uii novidade, surpresa ;)

Já passou? "A ironia generalizada"? ;o)

Anónimo disse...

Como eu te compreendo. Passei pelo mesmo e tens razão que descreves e infelizmente o sexto sentido dela não estava tão apurado como a da maior parte. Não quero generalizar mas por acaso passei exactamente pelo mesmo.

M. disse...

6-2?? Tenho de discordar... eu acho que tu és um tipo bem sexy... então, quando estás com a barba por fazer, uii!! :P

lothlorien disse...

Olha, vês, e eu acho o mesmo dos homens :P Só que a mim, não me passa lol

NickyBlue disse...

Um chocolatinho não alivia?! :) Ok, não teve piada...

O pensador disse...

Pedro, mas não estás seguramente a espera de surpresas tipo aquela que o Ronaldo recebeu quando foi apanhado na barra da tijuca com 3 travestis, pois não?

:-)))))

Maria disse...

Pedrocas até me esqueci de dizer que achei piada ao teu ponto de vista da generalização Vs sorte... a good way of looking at things :) ***
Maria Pilar

A info-excluida disse...

O único ser com pilinha (com inha para ser fofinho, não depreciativo) incorporada com este género de queixumes.

Há algo de errado no Universo.