segunda-feira, 12 de maio de 2008

Paradoxos

Ou Deus não existe, ou então não pode ser omnisciente. A prova é o facto de, tendo em conta a frequência com que a minha mãe diz "valha-me Deus", ele ainda não se ter fartado e não a ter mandado calar.

2 comentários:

Red disse...

eu passo a vida a dizer Oh meu Deus e ele ainda não me respondeu também... Bolas. será que serve se eu gritar...?

Anónimo disse...

Já para não falar do grupo que ia em peregrinação a Fátima, e que foi atropelado!!! Não deve ter sido por não falarem o suficiente com Deus e com Nª Srª de Fátima!!! Dá q pensar...