quinta-feira, 13 de novembro de 2008

O facto de um homem...

... não gostar de mulheres não significa necessariamente que seja paneleiro. Pode ser só divorciado.

10 comentários:

Abobrinha disse...

Moço

Essa do estar traumatizado com as mulheres não me convence. Aliás, é uma excelente desculpa (leia-se: má!) para magoar a próxima que se lhe atravesse à frente. Ninguém tem culpa do passado da outra pessoa.

Acho que não gostar de mulheres... é gay mesmo!

Tulicreme disse...

Completamente de acordo... com a abobrinha! :D

Pedro disse...

Quem é que disse que eu estava traumatizado? Simplesmente faço 250km todos os dias e é natural que tenha muito tempo para pensar nestes disparates.

Se eu tivesse escrito "O facto de uma mulher não gostar de homens não significa necessariamente que seja lésbica. Pode ser só divorciada.", já os comentários eram outros...

Vítor disse...

Força Pedro!!!

zé disse...

os homens, quase sempre, quando se divorciam é porque já têm alguém em vista

[In]satisfeita disse...

Ok!!! :D

Beijinhos

Abobrinha disse...

Pedro

Não faço 250 km por dia (fogo, é muito quilómetro), mas penso muito. Penso demais. E esta foi uma das muitas coisas em que pensei ultimamente e disse... e não me adiantou um boi! Mas o próximo que me argumentar com essa, corto-lhe os titis na hora! Juro que corto!

Acho que alguns lesbianismos serão mais opção que inclinação inicial. Pelo menos espero que sim: diminui grandemente a concorrência ao menos! É que isto anda pela hora da morte!

Mafalda disse...

O género homem não aguenta muito tempo sozinho ... mesmo não gostando.

Abobrinha disse...

Acho que me falhou uma linha. Não estava a dizer que tu em particular estavas traumatizado, sorry!

Eu mesma! disse...

Diz-me lá uma coisa.... um homem divorciado não avança é isso?

é que eu ando a sair com um divorciado... dava jeito saber que o rapaz vai ou não avançar :)