quarta-feira, 18 de março de 2009

Brio profissional

Na semana passada recebi um telefonema, dizendo que tinham tido muito boas referências minhas, e perguntando se eu estaria disponível para dar mais um curso noutra localidade. Já uns dias antes, tinha sido elogiado pela minha coordenadora à frente de uma turma nova, durante a abertura de um curso. Para além disso, ao longo destes meses, e após uma quantidade apreciável de formandos me ter passado pelas mãos (sendo que uma delas passava literalmente nas minhas mãos se eu não fosse uma pessoa com um elevado sentido ético e tivesse oportunidade), sempre consegui manter uma relação excelente com quase todos os formandos, independentemente do seu nível de escolaridade, idade e experiências de vida. Já me chegaram a dizer que nunca mais se iam esquecer de mim, e que tinham adorado a formação.

Pelos vistos, mesmo assim ainda não me ando a desleixar o suficiente.

6 comentários:

Sofia disse...

Vá, deixa-te de falsas modéstias. ;)

marta disse...

É tão frustrante, não é? Uma pessoa a c****** para as cenas, e ninguém nos dá o devido valor...

Eu mesma! disse...

Ai que frustação....

tb reclamas por tudo... se não te elogiassem.... era porque não acreditavam no teu trabalho...

assim elogiam-te e tu reclamas...

:)

parabéns!
aproveita e pede um aumento

VCosta disse...

Quanto mais te desleixares mais elogias terás dos formandos!!!

Há pessoas com o "mundo ao contrário", simplesmente!!!

Pimpolhices disse...

Descobri este blog há uns tempos, penso que de um prémio que recebes-te da cocó na fralda, não descansei enquanto não o li todo (ok... tb coincidiu com uma altura em que não tinha cá chefes :)) e cheguei a uma conclusão: tu és brilhante )p

Confesso que os últimos posts não me têm enchido tanto as medidas, mas alguns dos posts que li são absolutamente brutais.

Houve uma altura em que pensei perguntar-te se querias ter um caso comigo, ahahahahahahaha

(Chega-te de elogios ou queres mais?!?!?)

Abobrinha disse...

Parabéns!!! Isso ainda é melhor que uma sessentona dizer que és bem parecido, não?