quinta-feira, 16 de abril de 2009

Há quem diga que sou esquisito.

Imaginem uma mulher com 36 anos, tremendamente bem conservada. Boa que sa farta. Quem não se sentir atraído por mulheres pode imaginar um homem, não há qualquer problema me estabelecer o paralelismo.

Aos 18 anos teve uma filha. A filha, por sua vez, engravidou igualmente aos 18 anos. Portanto, com 36 anos, ainda bastante nova, a Raquel (chamemos-lhe assim) é uma avó babada.

Um dia, por qualquer motivo, conheço a Raquel e percebo que ela me está a querer. Está mesmo mesmo em brasa. Não esqueçamos que a Raquel, se fosse comida, era uma generosa fatia de cheesecake.

Eu não era capaz de comer a avó de ninguém, nem mesmo, ao contrário do normal, ser "de boa" a seguir ao "podre". Se não estivesse na posse de todos os dados, uma voltinha à montanha russa não me ia deixar enjoado. Caso contrário, e embora já tenha percebido que a decisão não é consensual (isto merece uma sondagem aqui no blog), agradecia mas não punha lá nem a cabecita. É avó, porra! Eu lá avio avozinhas?

22 comentários:

Pipoca disse...

É a isto que chamo "demasiada informação". Porque é que te disse que era avó?????? Fica ela a perder (ou não)... Ahahahahhah
Muito bom, acho bem que não comas avózinhas. Um beijo

JS disse...

És esquisito.

Eu mesma! disse...

Acho muito bem....
avózinhas náo!!!!!! Há que se estipular um limite na vida :)

Bela Sonhadora disse...

looool e tudo te acontece a ti caraças!!!! Ai pedrocas pedrocas... puta de vida looool

Pedro M. disse...

Atenção que isto não me aconteceu, é apenas uma suposição.

Carlos Rangel disse...

Eu cá ia! :)

Fabulastica disse...

Então coitada, ela não tem culpa que a filha também engravidasse aos 18! Se a filha não tivesse tido filho ela não era avó. Se ela é boa o que é k interessa o resto? Lá por ser avó já não presta?

Maria Eva disse...

Estabelecendo o paralelismo, imagino um homem muito charmoso e bem apresentado em todos os campos. É avô?! Então não. Eu não papava o avô!

VCosta disse...

36 anos?! Queria lá saber que era avô, se era tia...
Esquisito sim... mas também não sejas abusado!!!

ManUel disse...

é uma suposição? ohh...

É que não vejo problema nenhum em comer uma avó boazona!

Associamos sempre avó a alguem acima dos 50 :P

Lixado lixado é conseguires manter a relação, e aos 54 anos dela, ela ser bisavó :D Tu serias o bisavô por afinidade :)

RJ disse...

Claro que sim. 36 anos é uma pessoa super nova, é avó ok, mas avó é só um parentesco, não uma sentença de velhice.

Abobrinha disse...

Ouve, estás a ver tudo ao contrário!

Porque é que ela engravidou? Afinal, engravidar aos 18 (ou mais cedo) acontece a qualquer uma: quem anda à chuva molha-se. E andar à chuva é bom, se bem que neste contexto molhar-se nem por isso... em princípio! Ela engravidou porque quis (porque tramou alguém) ou porque teve um acidente?

Se teve um acidente e assumiu, é uma mulher de tomates (o que me lembra: já apalpaste a ver se os tomates são só metafóricos? Tem cuidado que anda aí muita gente muito marada!). Problema resolvido: dá-lhe! Avó ou não!

Ora a filha foi pelo mesmo caminho... há algum caso de resistência genética ao latex? Assim uma proteína na vagina de algumas mulheres que faça o transporte de espermatozóides via barreira de latex por osmose? Não creio (mas se descobrires que sim, tens o Nobel!)! Porque engravidou a filha? Tens as mesmas duas opções.

Resumindo e baralhando, a questão é mesmo esta: usa preservativos! Dos teus! A não ser que queiras mesmo ser pai contra a tua vontade!

... alternativamente, pode ser que ela tenha uma prima jeitosa e sem essa reacção ao latex!

Anónimo disse...

OK, OK! Vamos lá a ver se eu percebi:
- tu abriste um "concurso" (chamemos-lhe assim) para encontrares uma amiga colorida com possibilidade ou não de evolução aqui neste blog.
- tiveste várias raparigas e mulheres de idades diversas que até se mostraram com vontade de participar no "concurso", algumas pelos vistos até enviaram curriculos detalhados
- agora vens para aqui tipo caraguejo, a andar para trás "ah e tal afinal o que eu até aviava (até me custa escrever isto)era uma avozinha boazona ao melhor estilo hot grandma"
Depois ainda acham que é possível alguma mulher perceber os homens!
Tu realmente não deves existir...

Anónimo disse...

Curto e grosso...

Eu...comia a avó...e se fosse possivel ainda tentava comer a filha!

Se era para saltar fora...oh meu amigo!

Mas mais...se fosse para ter um relacionamento sério...não teria qq problema em ser avô por afinidade...

Não tenho esses preconceitos...

P.S: Quando temos um preconceito...deixamos de ver o "outro".

ASS: me, myself & i

nat disse...

Quem come avozinhas é o Lobo Mau e já sabemos como acaba a história.
Portanto não és esquisito, és sensato.


(Hihihihihi...)

Betsie Zombie [Vanessa] disse...

hahahaah
eh pah, gajos morriam para tar no teu lugar.

Maria disse...

Parece-me a mim que jejuas muito mais do que tentas fazer crer, rapazinho...

E deve ser por tanta parvoíce em relação às mulheres. Também desconfio que não sejas grande coisa... mas adiante.

Neste caso, aconselho-te a não te meteres com uma "podre de boa" de 36 anos, já avó. É que ela tem de certeza maturidade e tu nem sombra dela! Portanto duvido que até para one-night-stand isso funcionasse. Uma mulher de 36 anos é capaz de te pôr a andar num segundo, enquanto ainda estás a divagar sobre uma das tuas imbecilidades do costume!

Anónimo disse...

Ui... tanta agressividade Maria. Será libido reprimida? Ó Pedro... indague, indague, que acho que aqui a Maria até estava a precisar... de um avio.

Sandra disse...

há quem te chame esquisito, mas não é por não comeres avós... só tu para teres este tipo de ideias...

Rita disse...

Estou com a nat. O Lobo Mau é que come avosinhas...!!!

Pensei ter lido que a idade máxima dos "requisitos mínimos" era 28. Há excepções para as trintonas desde que sejam avós (ou é desde que sejam podres de boas?!)?!

o meu canto disse...

A minha opinião:
Eu comia avozinhos, não tinha problema nenhum com isso, a Sra. ainda é nova, só porque já e avó, não faz diferença.
E deixa que te diga que até é melhor o ser, quer dizer que a filha é maior e por isso não tem filhos pequenos para lhe tirar a liberdade necesaria para dar umas cambalhotas.Só netos...lol

Darkrose disse...

Se fosse avôzinho dexa idade eu comia...
Mas k raio de preconceito...
Kem perdia eras tu por nao teres aproveitado...