segunda-feira, 6 de julho de 2009

Quando estou deprimido...

... costumo ir ao youtube, escrevo "fat people" no campo de pesquisa, e borro-me a rir durante uns sólidos cinco minutos. Normalmente era coisa que costumava resultar, mas nos últimos dois meses não consigo deixar de me sentir culpado.

No outro dia ia a sair do duche e preparava-me para colar as únicas páginas do número da Playboy com a Rita Mendes que ainda estavam soltas. Olho para baixo, ainda com o fardamento de aniversário, e reparo que a minha pila não está tão comprida como de costume. "Não pode ser; apesar daquele cabelo de poodle, a Ritinha ainda me provoca umas erecções do caralho; quanto muito devia era tê-la mais comprida só por olhar para o que resta destas fotos." Não é o mastro que está com caruncho, é mesmo um eclipse parcial devido ao pneu em mim recém formado.

Depois, e associando este facto àquele dia em que, dez minutos depois de sair de casa para andar de bicicleta, já ia com as coxas a querer saltar cá para fora (tinha comido coelho ao almoço), percebi que não estou tão em forma como desejaria. Sempre pratiquei muito desporto, e o último ano não foi excepção. Simplesmente troquei o ténis e a natação pelo automobilismo. Até para ir comprar cordas para a guitarra pego na porcaria do carro. Se isto não é amor ao desporto, não sei o que será. Torna-se complicado, portanto, perceber o que é que se passa comigo.

Eu estou mas é a ficar gordo.

Uma coisa é certa. Não andei eu ano e meio no ginásio para ganhar peitorais e eles agora se transformarem em mamas. Quer dizer, eu curto mamas, e se se roçarem em mim, melhor, mas não a nascerem dentro de mim. Já me basta andar quase sempre com os mamilos espetados.

Tenho urgentemente de começar a fazer exercício e comer bolos menos vezes ao dia. O problema é a disciplina que é necessária para conseguir cumprir estas resoluções. Normalmente só consigo fazer estas mudanças radicais na minha vida logo a partir do dia 1 de Janeiro, ou no dia do meu aniversário. Ou são datas marcantes, ou a coisa acaba por perder o impacto, atirando cedo a disciplina prás urtigas. Felizmente, esta semana faço anos.

Para começar, na manhã do meu aniversário, vou à praia, mas de bicicleta. Quando lá chegar, só vou comer um corneto (aquele novo, dos três chocolates) e beber um café. Acreditem que vou andar muito mais comedido. Até lá, e para dar a ilusão de que o plano de treinos está a ter resultados imediatos, vou comer tudo aquilo que me passar pela cabeça. Depois corto de repente.

Portanto, o objectivo é passar destes novos e decadentes 79 quilos para os antigos e esbeltos 72 aos quais habituei muito boa menina deste lindo Portugal. É que, pelo menos, quando lhes fazia moches, não era do peso que elas se queixavam.

11 comentários:

ManUel disse...

eu estraguei-me no fim de semana, mas agora esta semana estou de novo comedido no que ando a comer.

Juntando-lhe bastante desporto que faço, é bem mais facil perder peso :) já vou em 3 kgs :P

Suzy disse...

HÁ UM CORNETO NOVO DE 3 CHOCOLATES?????

Eu Mesma! disse...

Desculpa mas é bem feita....
andas a gozar com os outros e nem ao espelho te vias...

mas agora rapaz... as mulheres não gostam de voces demasiado magros... deixa de ter a sua piadinha :)

Pipoca disse...

é mesmo por isto que eu te leio. Fazes-me rir! Já te imagino, a sair da banheira, pode ser mesmo com as fotos de quem quiseres, e suavemente massajando o pneu com Elancyl... Bonito!

Abobrinha disse...

Eu gosto de homens muito magros! Menos de gajos que se riem com fotos de pessoal com excesso de peso.

Mas pronto, cuida de ti, como o Manuel e como eu também estou a cuidar de mim (escorreguei nestes últimos meses). E gosta de ti!

Lila* disse...

Genial este post!
Mas deixa tar q o corneto tb é mt genial;) E sabe bem...muito bem!

Pedro M. disse...

Manuel, não te esqueças que não é só perder peso. Há que voltar a redefinir os músculos, que elas curtem é bimbos. Se bem que tu já tás servido, nem precisavas de te esforçar :P

Suzy: é bom que pela hora desta resposta já o tenhas ido provar.

Eu Mesma: eu é que já não me sinto bem. Vocês sabem lá do que gostam; mais vale fazer as coisas por mim.

Pipoca: Imaginas isso ou é um desejo secreto para eu te enviar um vídeo da cena? É que podes já começar a tirar o cavalinho da chuva.

Abobrinha: eu não me rio de fotos de pessoal com excesso de peso. Isso é triste e até doentio, de certa forma. Eu rio-me é de vídeos com pessoal gordo.

Lila: como é que eu posso ser genial se estou gordo? É dos teus olhos :P

João Marques disse...

Ténis, ténis e mais ténis, pelo menos 2/3 vezes por semana! Permite perder o peso, mesmo continuando a fazer alguns pequenos disparates. Pelo efeito de descompressão que provoca, proporciona também cortar na factura do psiquiatra.

ines disse...

Morri a rir!!! Morri várias vezes a rir...acho q estou apaixonada!!

Miss quero-paz-no-mundo-e-tal disse...

Pronto, vou passar a semana a rir em situações inapropriadas (tipo reuniões de trabalho)ao pensar neste post.

Andamos todas doidinhas por ti, não haverá uma de nós que seja loira com alto par de mamas para te fazer exercitar esse corpinho?

Anónimo disse...

ora aqui esta um post muito sexo e a cidade. Qual delas fala assim? ;)