sexta-feira, 24 de julho de 2009

Ser farmacêutico...

...é uma profissão muito ingrata. Fartam-se de estudar e depois a maioria não passa de empregados de balcão glorificados. Com o tempo e os dados que têm ao lidar com o cliente, conseguem ser tão eficazes como eu a automedicar-me. Eu também sei ler e ir à internet, e não precisei de adquirir conhecimentos por aí além ao longo de anos.

Será que alguém nasce com a vocação de farmacêutico ou é simplesmente uma coisa para onde se vai quando as notas não chegam nem para medicina veterinária? Às vezes acaba por ser semelhante à opção do gajo medíocre que, não conseguindo fazer nada da vida, acaba por ir para a tropa, com a diferença de que um farmacêutico é uma pessoa com QI dentro da normalidade.

Precisei de ir à farmácia de serviço comprar uma coisa para o meu pai. Ele deu uma queda lá na casa da terreola, e pediu-me para ir comprar uma pomada. Que mariquinhas pé de salsa. Andou na guerra a enfiar balázios em pretos e depois, vai-se a ver, e não serviu de nada. Um gajo se partir uma perna vai para o hospital. Se se esfolar todo lava com água e álcool. Agora, estar dorido e pôr pomada é indescritível. Eu cá começo a suspeitar que sou adoptado.

Àquela hora, estavam apenas três pessoas na farmácia. É óbvio que não ia tirar senha. Por cada papelinho corta-se uma árvore. Mas pronto, ai que isto não é um café, é uma farmácia. Ai que eu estudei tanto e tenho de ser diferente. Não é que a gaja me obriga a tirar senha para ser atendido? Com isto passou-me um labrego qualquer à frente.

Felizmente, ao ser passado à frente, acabei por ser atendido no outro balcão pela colega. Essa sim, era uma profissional competente. Novinha, gira e de aspecto delicado. Sorri ternamente na sua direcção, enquanto pensava "fazia-te gémeos e assumia a paternidade", mas não obtive qualquer tipo de reacção. O habitual, portanto.

É por estas e por outras que, sempre que me sinto adoentado, vou mas é ao frigorífico.

37 comentários:

Catarina disse...

Fiquei com vontade de te lixar a cabeça à pancada ao ler o teu fantástico comment!! sejas tu quem fores... é que vai-se a ver destratas-te uma classe inteira por apenas te sentires arreliado porque não foste tirar o puto do papelinho e te chamaram à atenção!! Pocha... Não destrates profissão alguma! O teu texto é fruto de um capricho arrelidao de menino mimado... Porque não sei qual é a tua profissão mas sei que jamais a destrataria...

Be Happy :D

Inês disse...

Farmaceutico nunca, mas já uma gaja... a coisa muda... ok

Almofariza disse...

" Ser Farmacêutica"

Chegou o dia de ir preencher a documentação para o Acesso à Universidade... Pressões familiares para a escolha do Grande Curso de Medicina( porque afinal, com esta média era entrada na certa), uma parte do meu coração estava para Veterinária, mas depois e pensando bem... cãezinhos a sofrer NÃO...

Farmácia??? Why not...

Uma profissão bem cotada (isto é o que diz a população Portuguesa, somos a classe profissional de saúde em quem mais confiam os portugueses, não sou eu quem o diz!!!)

Qualidade de vida, não há cá noites de serviço, nem trabalho aos Domingos, Natal, Passagem de Anos... and so on...and so on...

Remuneração...SIM!!!!! Somos bem remunerados!!! Oh YE!

Desemprego??? Não há cá disto...

Satisfação Profissional??? 100%
Cheguei a casa há uma hora, o que fiz eu em 8 horas de trabalho?
Humm, deixa cá ver...
A uma senhora
que estava há dias a fazer Captopril e queria se automedicar com um xarope para a sua tosse alérgica,expliquei-lhe que o que me pedia era contraindicado pois corria o risco de ver a sua Tensão Arterial aumentada.

A uma idosa que aufere uma pensão inferior ao salário e que não tinha os 63,37 euros para me pagar os medicamentos, expliquei lhe que existe uma coisa chamada de COMPAMED e que se deveria dirigir à Segurança Social para o requesitar, para além de lhe ter feito uma lista de todos os medicamentos em que poderia haver substituição por genéricos cujo o seu custo seria de 0 euros, e caso a sua Médica Assistente assim o entendesse fazer...

E mais e muito mais, que me fez chegar a casa com a certeza de dever cumprido, de ter sido útil a muitas pessoas e de receber os OBRIGADOS dos meus Utentes olhos nos olhos...

Em relação à net...Sim muito útil, sem dúvida... Desde que...
Haja conhecimento ciêntifico para discernir o que está correcto e o que não está... Porque também há muita coisa em que não há qualquer rigor, e onde existem erros de bradar aos céus que podem levar a sérios problemas.

Se me dedicar a ler uns artigos escritos pelos Sr(s) Engº de como fazer a casa dos meus sonhos, não faz de mim nenhuma Engª, nem muito mais ponha as mãos à obra ;)

"Ser Famacêutica", SIM.....SEMPRE...

Almofariza

P.S- desculpe a extenção do comentário, mas resumir mais era impossível e acredite que apaguei o dobro do que leu.

S* disse...

És mesmo gajo. So porque era gira podia ser antipatica, aposto!!

Pedro M. disse...

Catarina: e o teu comentário é fruto de teres um dedinho enfiado no cu. Se o tirares talvez fiques mais descontraída.

Inês: já sabes bem o que a casa gasta.

S: o mesmo que disse à Inês

Almofariza: Muitos parabéns por teres escolhido uma profissão que te realiza a 100% e te faz chegar a casa tão feliz. És uma minoria neste país. A minha irmã mais velha é "tua colega". Não estou a ser irónico (às vezes parece que preciso de dizer isto).

Quem chega aqui de repente e leva com o que eu digo pela primeira vez, ainda percebo que me leve a sério. Agora, quem acompanha esta merda de blog há algum tempo não tem desculpa. Já deviam estar fartos de saber que eu pego na generalização que mais me dá jeito para dizer os disparates que me apetece à hora que me apetece. Não vou começar a inundar isto de smileys só para perceberem quando estou a gozar.

Se eu andasse com medinho de ofender este ou aquele, já há muito tempo que tinha deixado de vir cá fazer palhaçada. Mesmo assim acho até que me censuro demasiado.

De resto, quem me leva demasiado a sério e fica magoadinho, pode-se pôr mas é no caralho. Vão ler outros blogs de que gostem mais. Blogs com poemas de amor e merdas do género. Aqui não há cá disso.

Vá, se quiserem gozar um bocado, trabalho como engenheiro alimentar. Venham daí essas chalaças se vos apetecer. Mas esforcem-se.

PS: É engraçado que nunca ninguém me cai em cima quando gozo com algum estereótipo. Tinha logo de ser com os farmacêuticos. A ver se é desta que ganho um odiozinho de estimação. Hei-de ir a uma farmácia e começar a sofrer tentativas de envenenamento.

Catarina disse...

Quem tem um dedinho no cu deves ser tu... descontrai sim... se eu leio blogs do género do teu é porque me parto a rir com as inutilidades (passo a expressão do inicio do teu blog) que por aqui se escrevem... E se te respondi foi para te provocar... és ainda mais melindroso do que eu...
Vá orienta-te...
E lembra-te que quem fala o que quer ouve o que não quer...
Porta-te

Almofariza disse...

Pedro M

Tens razão...
Realmente caí ontem de paraquedas pela primeira vez no teu blog...

Tens razão...
Realmente foi o primeiro e único post que li teu...

Por isso não sabia que não era para te levar à séria... As minhas desculpas.

Um bom fim de semana

Almofariza

P.S-Hummmm Engº Alimentar!!!!
Isto dava para dizer muita coisa....mas o blog não é meu. Hihihihihi

nat disse...

Pedro, Pedro, estás quase quase a arranjar um anónimo-histérico de estimação! Cuidadoooooooooo... eu sei do que falooooooooo...

beijos

miúda gira disse...

Eu fui farmacêutica durante um ano e meio, inicialmente com muito orgulho e dedicação, para o fim já me faltava a dedicação de quem acha que muitas vezes a sua profissão é maltratada pelo público em geral e cada vez menos útil ao balcão de farmácia.Nunca trabalhei em indústria, tenho amigos que o fazem e sentem-se mais realizados, mas regra geral, o pessoal não está muito satisfeito.
A profissão farmacêutica tem muito potencial, mas já teve muito mais, nos tempos em que era nas pharmácias que se preparavam os medicamentos, para mim era a melhor parte, era fazer manipulados e quando as pessoas ouviam os meus conselhos de forma séria. Desisti de ser farmacêutica, agora sou licenciada em C.Farmacêuticas e voltei À faculdade para cumprir o meu sonho de infância...
Percebo as criticas que te fazem ,mas percebo muito bem o que tu dizes, não é assim tão descabido, há muitos farmacêuticos novos que se sentem um pouco assim.

p.s.- Desculpa o testamento

ManUel disse...

Man... tens noção que ser farmacêutico não é só estar atrás de um balcão. E aposto que muitas das pessoas que trabalham atrás de um balcão como farmacêuticas ganham o dobro ou o triplo do que deves ganhar :)

Pedro M. disse...

Pois não Manel. Realmente não sei tudo aquilo que um farmacêutico faz. Olha que burro eu, a pensar que só trabalhavam atrás de um balcão. Nunca me tinha passado pela cabeça que pudessem fazer outras coisas.

E realmente, se ganham assim tão melhor do que eu, eu devo ser uma pessoa de merda. Se calhar é melhor matar-me. Vou tentar copiar o David Carradine. Ao menos pode ser que me venha antes de ir ter com Nosso Senhor Jesus Cristo.

ManUel disse...

nao te mates... depois nao temos aqui os teus posts inúteis, com os quais me rio diariamente ;)

Madalena disse...

Boa tarde,

Não querendo estar aqui a auto-vangloriar-me, mas considerando que é a forma mais simples e real que tenho de lhe mostrar que está errado, aqui deixo o meu caso. Sou estudante de Ciências Farmacêuticas há dois anos. No ano da minha candidatura, eu tinha entrado em Medicina, se assim fosse o meu querer. Contudo, Farmácia foi a minha primeira e única opção. Sei que é verdade que muitos dos meus colegas têm outra história. Só não acho correcto que fale assim de uma realidade que nitidamente não conhece, uma vez que se conhecesse saberia que um licenciado/mestre em Ciências Farmacêuticas faz muito mais do que vender medicamentos atrás de um balcão (actividade de aconselhamento e encaminhamento totalmente digna). Caso queira informa-se melhor, terei todo o gosto em o ajudar.

Pedro M. disse...

Madalena: o meu objectivo não é ser correcto. Este estereótipo de farmacêutico existe e é aquele com que é mais fácil de gozar. Não vai ser uma miúda que nem sequer saiu da universidade que me vai dar exemplos de funções que um farmacêutico pode desempenhar para além de estar atrás de um balcão. Dispenso atestados de estupidez. Guarde a energia para os exames.

Eu Mesma! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu Mesma! disse...

Pois Pedro...
nota-se que do curso de farmácia sabes pouco.... apesar de teres uma irmã farmacêutica....

ficarem apenas atrás de um balcão... é apenas um dos 50 mil empregos possiveis para um farmaceutico....

fala apenas do que sabes... porque maus atendimentos existem em todos os locais mas... deve-se seguir as regras impostas pelo local onde vais... se é para tirar uma senha... tiras uma senha...

tb nao gostas de armados em chicos espertos quando estas no teu local de trabalho pois não?

Mas concordo com a Almofariza.... é um aprofissão que não em problemas de desemprego.... a mal ou bem... existem sempre pessoas doentes!!!!!

e o pai....?
melhorou ou nem por isso?

de Marte disse...

A questão aqui é a da pomada!
Quero lá saber se ser farmacêutico é cool ou se faz varizes!
O teu pai a pôr pomadinhas é q é fixe!! E sabes que mais? Como não és nada adoptado e como os genes não perdoam, daqui a uns anos estás igualinho a pedir pomadinhas e chás e... e agora não me lembro de mais nada q possa ser panisguinhas-pé-de-salsa o suficiente para dizer, mas se houver, tu vais usar! :P
É claro q entretanto arranjas uma farmaceutica ou enfermeira para te aplicar estas coisas...
:)
beijoooooooooooo

Maichel disse...

Post Brutal!
AHAHAHAH. Estranho no entanto ainda não terem vindo chatear-te a mona porque disseste "preto".

Continua. abc

Miss quero-paz-no-mundo-e-tal disse...

Assim é que é, força aí!!

Viva salvar as árvores, acabar com senhas, ser adoptado, ser preto e levar com balázios, estar grávida de gémeos do Pedro, ir prá tropa fazer flexões.

A mim os famaceuticos servem para me aconselhar qual o melhor creme da avéne para o Verão, e tónico também aconselha? sim, sim vai ficar com uma pele linda!

Miss quero-paz-no-mundo-e-tal disse...

Eu queria dizer viva ser preto só, retiro a parte dos balázios. E viva ir prá tropa pra depois ir salvar gatinhos das arvores nao para andar aos balázios.

Anónimo disse...

A miss paz no mundo deve-se achar muito esperta não? não tens piada nenhuma, temos pena!

Eu Mesma! disse...

Espero que nunca precises de um farmaceutico na vida Miss Paz no mundo....

é que um dia que precises... pode ser que apenas leves um cremezinho da roc!

Andreia disse...

«Andou na guerra a enfiar balázios em pretos»....mto feio!
Bastava teres dito andou na guerra a enfiar balázios e o efeito no texto seria o mesmo....

Andreia

Pedro M. disse...

Ai pretos é muito feio. Enfiar balázios já é perfeitamente normal. Então os portugueses no ultramar disparavam contra quem? Contra os cor-de-rosa?

Antonio disse...

Vim Trazer uma linda Menssagem

A ARTE DE SER FELIZ

Acorde todas as manhã com um sorriso. Esta é mais uma oportunidade que você tem para ser feliz. Seja seu próprio motor de ignição. O dia de hoje jamais voltará. Não o desperdice, pois você nasceu para ser feliz!
Enumere as boas coisas que você tem na vida. Ao tomar consciência do seu valor, você será capaz de ir em frente com muita força, coragem e confiança! Trace objetivos para cada dia. Você conquistará seu arco-íris, um dia de cada vez. Seja paciente.

Não se queixe do seu trabalho, do tédio, da rotina, pois é o seu trabalho que o mantém em alerta, em constante desenvolvimento pessoal e profissional, além disso o ajuda a manter a dignidade.

Acredite, seu valor está em você mesmo. Não se deixe vencer, não seja igual, seja diferente. Se nos deixarmos vencer, não haverá surpresas, nem alegrias ... Conscientize - se que a verdadeira felicidade está dentro de você. A felicidade não é ter ou alcançar, mas sim dar. Estenda sua mão. Compartilhe. Sorria. Abrace. A felicidade é um perfume que você não pode passar nos outros sem que o cheiro fique um pouco em suas mãos.

O importante de você ter uma atitude positiva diante da vida, ter o desejo de mostrar o que tem de melhor, é que isso produz maravilhosos efeitos colaterais. Não só cria um espaço feliz para o que estão ao seu redor, como também encoraja outras pessoas a serem mais positivas.

O tempo para ser feliz é AGORA.

O lugar para ser feliz é aqui!


TENHA UM LINDO E MARAVILHOSO DIA FIQUE COM DEUS.

De Antonio espero sua visita

Meus Blogs

http://noticiasjornaistv.blogspot.com/


http://curiosidadesdoplantaterra.blogs.sapo.pt/

VCosta disse...

Regra geral, eu tb vou ao frigorífico!!! hehehe
Abraço. Tenho andado desaparecido mas sempre que posso dou uma espreitadela!!!

Anónimo disse...

Eu ainda sou estudante, mas nao me importo nada com as criticas que fazem a mh profissao, porque quando eu tiver 30 anos ja ganhei mais do que um professor ou engenheiro ou economista na vida inteira! :)

Anónimo disse...

Mais cómico do que o teu post são os comentários irritados e ofendidos dos farmaceuticos aprendizes!

Removeste um comentario?? Pensei que eras mais corajoso!

Ana

Pedro M. disse...

Ana:

Não removi qualquer comentário. Quando aparece a mensagem "comentário removido pelo autor", o autor refere-se ao autor do comentário, e não do blog.

Anónimo disse...

Sou farmaceutico e me arrependo , so assumi responsabilidade dinheiro que é bom nada , o profissão filha da vaca,pois o boi da muito mais lucro .

Dastan disse...

Eu até estou parvo com tanta ignorancia do autor deste tópico, a falar dos farmaceuticos com tanto conhecimento de causa, enfim... e por pessoas assim que isto nao anda para a frente, quanto a média de medicina veterinaria? qualquer pessoa que entre para ciencias farmaceuticas tem media para med.veterinaria inclusive para medicina convencional em grande parte das vezes, sendo que as medias sao identicas, por isso nao posso deixar de acreditar que quem escreveu isto nao passa de um bruto analfabeto cujo a noçao das coisas lhe passa completamente ao largo LOOOL enfim... informa-te rapaz, se nao houve farmaceuticos nao havia medicamentos LOL coitadinho de ti que es tao macho e trao frustrado se nao houvessem medicamentos, secalhar nunca tomas te nenhum LOL

juliia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Amanda disse...

se merdinha vai estudar primeiro... virar homenzinho, depois critique qualquer profissão! um idiota para falar tal coisa, tem q ser muito burro e mal informado mesmo..!

Anónimo disse...

seu otariozinho qm vc axa q desenvolve todos os medicamentos que existem no mercado? seu pai? seu avo? nao seu burro, são os farmaceuticos!

Anónimo disse...

É forte o teu comentário.
Reflecte bem o que é ser Farmacêutico.
Além disso e não esquecer...eles sabem haviar receitas!!! É poderosissimo mesmo.

Anónimo disse...

vai para o caralho seu inutil de merda!

Anónimo disse...

Deve ser por isso que eu, sendo Farmacêutica, faço a vida que quero, tenho o que quero, e tu compras marcas brancas, e tens um "emprego" que te dá tempo livre para estar aqui a "arrotar postas de pescada" sobre profissões alheiras.
Arranja uma vida digna, baby.