quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Não aguento mais.

Ele é "valha-me deus", é "valha-me cristo", é "deus me ajude". Já não posso mais com esta lengalenga. É em casa, é na rua, é no restaurante, é na tabacaria. Raio da frase tá na boca de qualquer pessoa. O que me irrita mais é que metade das pessoas não o diz por reflexo, mas por acreditar que muda alguma coisa.

Até eu sei que um dos mandamentos é não invocar o nome de (inserir aqui o nome de um dos pandas kung fu por quem o povo mais chama) em vão e não acredito em nada dessas merdas. Se existisse deus, era o primeiro a dizer "cala-te, foda-se que já não te posso ouvir".

Aliás, se andar a chamar por este e por aquele fizesse alguma diferença nas tarefas que temos a desempenhar, o que não faltaria por aí seria mulheres (e mais homens do que possam imaginar) a exclamar "caralhos ma fodam! caralhos ma fodam!".



PS: e assim, com picuinhices se prolonga o mau-humor que me tem mantido afastado da net. Graças a deus que não há mal que sempre dure.

5 comentários:

VCosta disse...

;)...

busycat disse...

Logo agora que está a haver um torneio excelente em Londres... Que altura tão pouco pertinente para andar de mau humor.

Melhores dias
Beijo

Sam Martins Pinheiro disse...

Oh pá, Deus te ajude com essa merda de mau humor! Muita merda P.

Miss quero-paz-no-mundo-e-tal disse...

Ahh já cá fazia falta um post assim!!

Kruzes Kanhoto disse...

Isso é apenas com o intuito de provocar os muçulmanos!