domingo, 27 de dezembro de 2009

A fivela interior da mala do portátil...

...está lá para alguma coisa. Se pensarmos bem, ao não utilizarmos cinto nas calças, a probabilidade das calças caírem e de nos olharem para as cuecas é maior. Portanto, ao ter-me lembrado da fivela, consegui que apenas a papelada toda, canetas e cds caíssem no meio do chão de um dos meus locais de trabalho, enquanto 3 gajas atrás de secretárias olhavam embasbacadas para a minha figura. Bem, ao menos olharam com interesse, para variar. Imagino o que seria se o portátil também tivesse caído ao chão. No mínimo, lubrificavam o pipi.

Ajudar é que está quieto. Ser rameira é ter uma pen caída ao lado da perna da cadeira e não mexer nem um dedito para a apanhar. Eu nem estava preocupado a ver se não tinha perdido nenhum documento nem nada. É que podiam fingir, ao menos. Não admira que no sector da galderice também haja crise. Não é por falta de tesão dos clientes, é mais por excesso de concorrência. Há mesmo putas em todo o lado.

Para cúmulo, nesse dia tinha vestido o mesmo casaco que tinha levado a um jantar de natal de amigos na semana anterior. Quando devolvi a chave das instalações, já que não havia mais nenhuma cópia e eu tão cedo não ia precisar, ela estava presa à minha prenda de natal do amigo secreto do dito jantar, aquele mesmo em que eu era para ter levado embrulhado um caralho das caldas. À conta das minhas piadas na troca de emails combinando o jantar, tive direito a um presente especial. Era suposto a festa ser temática e todos levarem uma peça de roupa vermelha, que poderia estar à vista ou não, mas que teria de ser mostrada. Eu apenas me limitei a dizer que, se fossem ao jantar gajas comestíveis, eu teria de certeza uma coisinha vermelhita para mostrar no final da noite. E pronto, o tal presente especial foi uma tanga vermelha com pelo branco à volta, que tive de vestir durante 10 segundos por cima das calças para não me acusarem de estragar a piadola. Já agora, a todos os que na altura se riram, vão mas é pró caralho, minhas caganitas de coelho. Escusado será dizer que, no ano que vem, escusam de me convidar. Eu irei lá aparecer, mas apenas para deixar um saco do Lidl cheio de merda a arder à porta do apartamento.

Recapitulando, para quem tem dificuldades de concentração ou não tem queda para detective, quando fui tirar a chave do bolso para entregar à directora, vêm as cuecas vermelhas presas no porta chaves e caem ao chão, no meio do gabinete. Até àquele dia, nunca a tinha visto mais do que sorrir. Pois, até àquele dia. E eu, um gajo que tirou um curso superior, apenas fui capaz de balbuciar "Ora, isto são só restos de natal do fim de semana passado". Restos de natal do fim de semana passado. Se apontarem uma lanterna potente ao meu ouvido esquerdo, quem olhar fixamente pelo direito vai ficar com o clarão marcado na menina dos olhos durante uns cinco minutos.

Quem demorou mais de vinte segundos a perceber o sentido da última frase também vai pelo mesmo caminho. Sim, tu também, minha besta. É que era só agarrar na pen e pôr em cima da mesa.

7 comentários:

Artur Morais disse...

Ahaahhaha a tua escrita é divinal xD

E sim, putas ha em todo o lado

Mars disse...

Putas em Portugal e no Mundo, pois claro.

Rita M. disse...

Adorava ser mosca e ter visto esse espectáculo!

summer disse...

a maneira como escreves é linda xD apesar de ter de recapitular em algumas partes, é que eu já leio rápido e depois perco-me !

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Chamaste "caganitas de coelho"? Que raio de ofensa é essa? Se é para ofender é para ser a sério, menino. Estou a ver que o teu sentido de humor anda lá nos píncaros. Beijos gajo

Sam Martins Pinheiro disse...

Elas queriam ver-te de cu para o ar, moço! E a directora estava a imaginar-te de pen(is) coberto com aquela tanga linda!
Depois mostra aqui no teu blog essa peça! Digo para mostrares aqui para não escrever outra coisa e depois pensarem o que não era!

Boas entradas com a cabecinha bem abrigada!

miki disse...

Hilariante!! Sempre que passo pelo teu blog escangalho-me a rir.

Muito bom :D

Abraço