terça-feira, 29 de junho de 2010

Casamento

É nestas alturas que percebo a sua utilidade. Portugal perdeu, estamos cheios de vinho nas veias e os miúdos foram sair e ainda não chegaram a casa. Em quem é que vamos bater?

Para a próxima, quando passarem pela Sportzone ao domingo com o marido e os filhos, vão-se arrepender de não terem deixado o vosso homem comprar aquele saco de boxe de 70 euros. Gasto supérfluo? O dinheiro tem de chegar até ao fim do mês? De qualquer das formas, se o dinheiro não vai para o saco, vai para as taxas moderadoras.

2 comentários:

S* disse...

Ai que texto maldoso oh Pedro... um crenco em ti a ver se gostas da fruta. ;)

Anónimo disse...

Está de mais este post!
Na muche!