domingo, 15 de agosto de 2010

Comentário aos comentários do post anterior

Não me interpretem mal. Eu até prefiro a mama portuguesa. Juro que prefiro (sobre qualquer outro tipo de mama gringa). Ela é que não me prefere a mim. A mama inglesa tem também aquela vantagem de ser muito menos complicada com paneleirices que não lembram a ninguém. E mais! Se for preciso, a mama inglesa tira a roupa dela, tira a minha, põe-se de joelhos sem eu sequer ter tido o trabalho de a empurrar gentil e descontraidamente para baixo pelos ombros, dá corda ao Big Ben, sorri e agradece, tudo isto sem um gajo ter tido tempo para perceber pelo sotaque se ela é de Liverpool ou Birmingham. Ah, e o nome da chavala.

4 comentários:

S* disse...

São umas oferecidas, é o que é.

hardnipple disse...

as inglesas mamam qualquer um, nao te deslumbres com tal privilegio...

Mary disse...

Quer-me parecer que tens conhecido as mamas portuguesas erradas...

anouc disse...

Houvessem mais inglesas or aí. Tanto homem virgem aos 30 que dá dó.