sábado, 4 de setembro de 2010

Processo Casa Pia

Ainda me custa a acreditar que seja verdade. É que mesmo pela cara, parecia boa pessoa. Tantos anos naquela profissão deitados por água a baixo. Ninguém lhe vai voltar a dar trabalho depois de sair da prisão, se é que a saudinha o vai permitir. A prisão nunca foi bom sítio para ninguém. Só os maricas é que acabam por gostar daquilo. É como a cerveja; é uma questão de hábito. Parece amarga ao princípio, mas depois fresquinha e com tremoços é uma maravilha.

E pronto, continuo sem acreditar. Sabia que gostava de miúdos, mas nunca pensei que fosse por maus motivos. Tão boa pessoa... até tinha nome de criança. Recorre da sentença, Bibi, recorre. O povo português está contigo.

Ai e o Ferreira Diniz, também tão bom moço. Tem é aquela cara de pedófilo. Não teve a culpa de nascer assim, pois não? Os paizinhos é que deviam ir presos. É como o Cláudio Ramos, que tem cara de paneleiro, e falar de paneleiro, mas é completamente heterossexual. Mas pronto, o povo olha para o homem e pensa que ele é mesmo gay. Mas não é. Recorre tu também, Dini (sem "z", que é diminutivo, era como a moçada o tratava).

É uma afronta, este sistema judicial. Uma pessoa esforça-se para chegar a cargos importantes e depois não pode realizar nenhum sonho diferente ou ter hobbies engraçados que vai logo dentro. Lamentável.

4 comentários:

A tua Kika Preferida disse...

No meu reader a Lady oh My Dog está por baixo de ti.

"OUVISTES"? Estás por cima da Lady Oh My Dog!!!

S* disse...

É mesmo chato, não é? Uma pessoa gosta de coisas diferentes e é logo condenada.

Pacica ♔ disse...

Agora, só em tom de curiosidade, sabias que já lhe chamam Carlos Cus? :X

Nuance disse...

Tanto investimento, tanto carisma, tanta fama e depois é isto, os putos desbroncam-se todos!