sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Ténis - Alguém daqui costuma...

... ir jogar para o estádio universitário? Parceiro ou parceira regular precisa-se. Se o nível for muito elevado, não percam tempo comigo (a menos que me queiram humilhar; por um lado, eu acabo por melhorar à força, por outro, preparem-se para ouvir asneiras em barda). Já se o nívelfor fraquinho, poupem-me tempo a mim (a menos que seja uma gaja podre de grossa, precisando ainda assim de conseguir devolver as pancadas com o mínimo de consistência). Ajudem o campónio a não parar de mexer nas bolas, mandando um mail.

PS: mas olhem que é mesmo para jogar ténis. Dispenso mails de pessoal que tá em brasa para me conhecer e ver se sou um Adónis ou um trambolho. Se for preciso a única vez que pegaram numa raquete foi no secundário numa aula de badminton.
..

22 comentários:

Patrícia Teodoro disse...

Ofereço-me para apanha bolas...porque bater bolas não é de todo o meu forte, mas boa sorte ai na procura exaustiva de um partner

Anónimo disse...

Azar o meu. Morasse eu em Lisboa e não me escapavas.

Anónimo disse...

Há muito tempo que eu estou em brasa para te conhecer, mas infelizmente parece que ainda não é desta.
...E eu que era uma exímia jogadora de badminton no colégio.

P
*

spank me please disse...

Deixa-me rir, primeiramente. Pronto já está.
Convence-me lá então que o ténis é um "hobby" super-cool, super-elitista, super-whatever-you-want-bitch. É pura panisguice gratuita. Caro amigo, pela sua relativa masculinidade, troque "isso" por uma actividade mais viril,homem. Tenho uma mão cheia de ideias...

Spank yourself... disse...

Deves ter é uma mão cheia de pixa, para teres essas ideias...

spank me please (tomaras tu, coitado..) disse...

Sim abelha, e a tua preversidade é inversamente proporcional ao tamanho da tua pixa, claro está.

Pedro M. disse...

Vê-se a léguas que não só não percebes um caralho de ténis, como nunca farás um esforço para perceber. Tens um preconceitozito metido na cabeça e não passará muito daí. Logo, tenho mais do que fazer do que tentar convencer-te do contrário.

Pedro M. disse...

Patrícia: apanha bolas é um luxo! se quiseres vir és bem-vinda. E se conhecesses alguém que jogasse... :P

Quanto às anónimas, o interesse era mesmo desportivo... Têm a certeza que querem conhecer o gajo mais rebarbado do país?

Vá lá, alguém que se chegue à frente, senão não escrevo mais nada no blog (e de repente ouve-se o som de fogo de artifício na blogosfera)!

spank me please ...harder disse...

Que preconceito qual quê? Fogo, diz-me que virilidade tem a prática do ténis? Ja tentei jogar, já tentei acompanhar jogos ao vivo e na tv, e para mim, aquilo nem é carne nem é peixe, é fucking boring simplesmente. Perdoa-me mas prefiro outras andanças. Mas vai-te a elas, e boa sorte, homem!

Joana disse...

Havvias de ter gostado da miúda do deserto. Pena que ela tenha acabado. Ela jogava tenis e dizia que era giro. Havias de gostar dela.

Bom blog :)

Joana

touch me i wanna feel your body disse...

quem é/era a miuda do deserto?

Palavras Dispersas disse...

Gostava muito de me voluntariar para parceira, mas a verdade é que a última vez que peguei numa raquete foi numa aula de badminton... e muito provavelmente no mesmo secundário que tu ;)

Parabéns pelo blog e pela foto de perfil, também gosto muito de ver aquele ilha a partir daquela praia.

S* disse...

Badminton eu também jogava... :P

Mas tua parceiro, é pah não dá.

Cuca disse...

O máximo que posso fazer por ti é emprestar-te o campo de ténis.

Anónimo disse...

Olá Pedro!

Olhe, eu adoraria voluntariar-me, mas ténis joguei durante os tempos de liceu e a última raquete em que peguei foi mesmo a de squash, que pratiquei um pouco para descomprimir enquanto fiz o PhD, portanto, nem faço ideia como está o meu nível de ténis neste momento! Basically, já estou eliminada, right?!:)

T.

A tua Kika Preferida disse...

Eu acho de DEVES dar uma oportunidade à T..

Então eu viro costas durante dois segundos e tu passas a ter "hate mail"!? És, blogosfericamente falando, importante, e não há Perrier-Jouet para celebrar? Como é que pode, Meu Pequeno Torrão de Açucar?

Anónimo disse...

Esta anónima tem a certeza.

P
*

Anónimo disse...

Olá Kika Preferida e P!

Thanks for your support:) Eu que nem tenho blogue (daí ter comentado como anónima, e estar a fazê-lo novamente) e sou hiper outsider deste "mundo" achei imensa às vossas mensagens que acabei de ler. Eu só me ofereci (salvo seja!) porque, de facto, não jogo há séculos mas gostava de recomeçar e também porque estou neste momento em Portugal, entre mudança de carreiras e tenho mais tempo livre até voltar a partir. Mas parece que vou continuar mesmo pelo golf:)
Eliminadíssima! Match point para o Pedro.

T.

Pedro M. disse...

T.:

Como é que era o teu nível quando jogavas? Razoável?

É que quem tinha boa técnica antes, se se concentrar em executar bem as pancadas, não demora assim tanto a recuperar a consistência...

Anónimo disse...

Anónim@ T.,

boas pancadas
(salvo seja!)

P
*

Pedro M. disse...

P: se quiseres ter uma desilusão, trata-se já disso.

Anónimo disse...

Já as tive sem querer, portanto, uma a pedido parece-me muito bem.

P
*