quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Nunca ninguém me descreveu tão bem.

Não sei se já reparaste:

Tens 30 anos, são não-sei-quantas-da-manhã, tens a tua namorada semi-nua ao lado na cama e, no entanto, estás a fingir que o teu braço esquerdo é um periscópio.

5 comentários:

S* disse...

Sinto tristeza por ti. :P

ANGIE disse...

Ahahahahah

margas disse...

Ahhaaha...tens de melhorar essa descrição!

AC disse...

Recusarmos crescer é uma forma de combater a rotina e a cor cinzenta dos nossos dias...faço imensas brincadeiras parvas, e não me arrependo disso.É tão fixe ser criança!!!:))

Bom fim de semana

Vida de Abandono disse...

Desculpe estar a colocar este comentário, mas é para divulgar este meu blog se possivel. Tenho como objectivo principal, contar histórias verdadeiras dos maus tratos que foram causados a animais. Quero sensibilizar as pessoas para que se acabe com o abandono destes pequenos animais indefesos.

http://vidadeabandono.blogspot.com/