quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Sensualidade feminina

De modo a preparar-me para fazer coisas importantes, costumo sempre consultar alguns sites que me põem mesmo naquele comprimento de onda certo. Um deles é o "The Superficial", um site de rumores acerca de celebridades. Digamos que é uma espécie de Vidas do Correio da Manhã mas em razoável. Inocentemente, deparei-me com esta imagem:


Isto para mim sim, é a definição de bom gosto e sensualidade feminina. Isto, dois pontos: é a Arianny Celeste (a gaja da foto) porque não vou por aqui fotos da minha namorada em bikini. Essa é para eu ver e os outros olharem quando toparem que eu não os consigo topar.

A razão para eu achar que isto é a definição de sensualidade é muito simples. A maior parte das gajas acha que seduz se andar na praia quase toda nua, a mostrar as carnes todas. Reparem como a Arianny coloca o mini-pareo para caminhar pelo areal. Não é como essas rameiras que andam com o fio dental todo enfiado na gaveta. Fossem as bordas dentes e aquilo nunca teria uma cárie que fosse. A Arianny sabe que ser-se discreto é uma arma poderosa, remetendo o cú para um foro de maior intimidade.

Deste modo, como os homens não conseguem ver bem o corpo da Arianny, embora ficando a noção de que ela até nem deve ser má de todo (previsão, não certeza), começam a imaginar como será ela por baixo daquelas vestes. Será mesmo sensual ou será apenas uma fugaz impressão? Ao optar por um estilo clássico ela garante que os olhares masculinos, bem como os da Rosie O'Donnell, Dina ou Solange F (ok, masculinos, fui redundante) se mantêm postos nela durante mais segundos do que a média das fêmeas que pululam as praias portuguesas.

Intencional, instintivo? Não sei. Inteligente da parte dela sim, sem dúvida. Miúdas, tapem-se bastante que a nossa baba aumenta proporcionalmente.

Sem comentários: