sexta-feira, 27 de abril de 2012

O Ricky Martin português

Jorge Martinez. O nome diz-vos algo? Devia. Cantor, compositor, performer, bailarino, coreógrafo. Intitula-se de "o Ricky Martin português". Um artista completo? Não, é só ele que o diz. A única coisa que bate certo é mesmo a comparação com o Ricky, se bem que num está patente mais virilidade do que no outro.

Ainda assim, é um artista internacional. Internacional porque ninguém o quer cá. Onde é que ele vai para mais vezes? Ao país em que os emigrantes portugueses têm o pior gosto musical de sempre, o Canadá.

A sua filosofia de trabalho passa por uma perseguição da entrega total em palco (diria que demasiada). Afirma que não teria qualquer problema em morrer em palco. Acho que não era o único, embora já leve mais de 20 anos de carreira (um termo cada vez mais subjectivo na conjectura actual) e a coisa ainda não se tenha dado.

Prova número 1:




 0:04 - Ferrari Testarrossa, modelo bastante conhecido nos anos 80, um pouco caído no esquecimento devido ao excelente trabalho de superação que a marca do Cavallino Rampante nas últimas décadas. Eu percebo, o Jorge é um homem de entrega e tinha de ter um Ferrari no vídeo, fosse qual fosse. Alugou o mais barato. Ainda assim, lá por não ser nosso, não significa que se vá pôr a cabrar com ele. Mais respeitinho por aquilo que é dos outros, se faz favor.

0:29 - Ainda não chegámos ao final do primeiro minuto e já sabemos que estamos perante um pervertido. Tudo bem, não será o único. Mas seria mesmo preciso partir os binóculos? Seria. Entrega total.

0:48 - Quando eu andava no secundário, se tinha calor, punha a camisola ou o casaco à volta da cintura e dava um nó. Era moda. A mamã do Jorge assim tem o dobro do trabalho a lavar roupa. Tudo em nome da entrega.

1:14 - Jorge, no refrão, canta "silêncio". É provável que seja a letra que todos os fãs mais conhecem e mais apreciam. Aliás, cantam-na em todas as músicas. Senõr Martinez abre a boca e toda a gente começa logo - "Silêncio!". Para quem, na descrição do vídeo (sendo a conta propriedade do Jorge) escreve "SILÊNCIO" é uma bela e comovente história que retrata o amor em todo o seu esplendor!
Um videoclip enigmático, com uma tenacidade dramática brilhante. Fascínio, sedução, glamour, lamas, areias, ruínas, escombros, falésias sumptuosas, entrelaçadas com dor, desespero e sofrimento, tornam este filme num monumento à capacidade do ser humano, em acreditar e lutar contra qualquer adversidade. Mistério e Amor num filme / videoclip com impacto, poderoso!!!
estava à espera de o artista soubesse, pelo menos, cantar. Lá está, um bailarino dança, uma prostituta aluga o rabo (aluga ou arrenda? deve depender dos casos), um cantor canta.O Jorge tem algumas dificuldades com a parte do canto, embora se denote esforço.

1:34 - Aquilo ilustra o quê? Numa história de amor a donzela tem de banhar os seios com leite? Aquilo é leite, não é?

1:39 - Se eu cantasse assim, ter-me-ia atirado.

2:01 - "Esta ferida que sangra no meu interior..." Nunca tive hemorróidas, mas se tivesse preferia tomar um analgésico (analgésico para hemorróidas é genial). Não se consegue nada a dar pontapés na areia. Visualmente, continua a ser demasiado. Mas há quem goste (normalmente portuguesas que foram paras as limpezas no Canadá, antes de concluirem o 6º ano. de escolaridade.

3:00 - E pronto, isto é apenas badalhoco. Já não basta saber que vai caiar a rapariga de branco por dentro, e ainda tem de a cagar toda de terra por fora. Amigo, isto nem no Canadá é sensual.

E pronto, a partir daqui é apenas a destruição pegada. Ele é telefones, é televisões, é a pia do leite, é pirotecnia... Basta. Silêncio!

4:12 - The end, as palavras que gostaríamos de ter visto escritas mais cedo (lá para os primeiros 10 segundos do vídeo).


A partir daqui revelou-se o meu calcanhar d'Aquiles. Eu deliro com a mediocridade. Não fui capaz de ficar quieto e tive de ir ver duas entrevistas (ok, três) do Jorge Martinez, cada uma a rondar os 10 minutos. Eu sei que tenho coisas melhores para fazer, mas não sou capaz de estar quieto. Uma coisa deu para perceber: penso que há ali um distúrbio de personalidade. O próprio classifica o seu espectáculo de fascinante, entre outros adjectivos, sem ter a mínima noção da realidade. Há por aí alguém formado em Psicologia que o queira identificar este distúrbio(e já agora que me ajudem a perder menos tempo com estas coisas)? Não pode ser apenas narcisismo. Tenho alguma curiosidade.



12 comentários:

S* disse...

Mas que criatura nojenta. Obrigada pelas gargalhadas. :P

Inês disse...

A minha sugestão... ouve Ana Malhôa.. happy fim de semana

Pusinko disse...

Muito, muito obrigada por este post. Não só desconhecia este artista, como acredito que perderia detalhes fabulosos que mencionaste, tal o espanto com que vi o vídeo.

Fantástico :D

NiceGirl disse...

Obrigada!! Como é que é possível? Vou ter pesadelos esta noite. :P

Anónimo disse...

Muito muito obrigado por este post, valeu-me umas boas gargalhadas ;)

AC disse...

Porra, pior que isto é impossivel, canta mal, tem mau gosto e chateia de morte a malta, bom aqui só mesmo o "Silêncio".

Luna disse...

Dunning-Kruger effect

http://en.wikipedia.org/wiki/Dunning%E2%80%93Kruger_effect

Anónimo disse...

Estou horrivelmente maravilhada! Que pérola de homem!

Pedro M. disse...

E a Luna acaba de provar que é possível aprender algo com Jorge Martinez. E dizia a namorada que isto era uma perda de tempo ridícula.

Luna disse...

sempre às ordens. :)

já tinha lido uns artigos sobre isto, e lembro-me sempre quando vejo gente nos castings dos ídolos a dizer que vai ganhar aquilo e depois é uma nódoa. Assim como o Jorge Martinez.

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=Pn6w-3GQWT8&feature=related minuto 4:34 xD

Joana Moniz disse...

Nem acredito como há pessoas que ainda vão atrás deste atrasado mental. Ele é que perde tempo a analisar um video "ao segundo" que diz não gostar... Meu Deus, tantos pormenores... Deves ter uma tara com o MArtinez, desculpa lá pá...
Ah! E já agora... Reduzir as comunidade portuguesas do CAnadá a "empregadas de limpeza" é mesmo vindo de um perfeito atrasado mental que nem sabe o que diz... vai estudar em vez de perderes tanto tempo com estas merdas!